em Ferramentas, Internet, Negócios, Tecnologia

Venda mais utilizando a ciência

Você sabia que antes de lançar um novo produto ou serviço grandes empresas utiliziam a ciência para otimizar vendas? Nomes como Unilever, Danone e Ambev fazem uso de técnicas científicas comprovadas para definir estratégia de vendas, embalagens e muitos outros. Existem aplicações tanto para o ponto de vendas, sites e até telemarketing.

Técnicas com o Eye Tracking, mapeamento de circuito de compra, análise de movimento, dentre outros, possibilitam definir a melhor estratégia de posicionamento e iluminação de um produto. Até pouco tempo essas tecnologias ficavam distantes de pequenas e médias empresas devido ao alto custo. Atualmente empresas como a Um Publicidade tem viabilizado a adoção destas ferramentas para empreendedores de menor porte. A partir de resultados colhidos em experiências no ponto de vendas é possível otimizar o marketing de um determinado produto em uma loja, possibilitando ajustes de iluminação e posição que aumentam a conversão em vendas. Algumas das ferramentas podem ser aplicadas em sites, permitindo otimização de posicionamento e uma melhor navegabilidade.

Estudos realizados em países que adotam tais recursos a mais tempo comprovam que o uso destas tecnologias provocam aumento de até 480% nas vendas. O Brasil ainda está muito atrás do resto do mundo neste sentido, o que por um lado é um ótimo indicador para quem quer começar agora, pois a concorrência é pequena, aumentando ainda mais a vantagem de quem adota estas tecnologias.

A relação entre as características do ponto de venda e o comportamento de compra dos consumidores é um tema permanente na agenda de qualquer analista de mercado atualizado. Estudar o ambiente com o objetivo de produzir melhores vendas é essencial para a sobrevivência dos negócios, principalmente em um mercado com alto grau de concorrência.

Então, que tal agendar um papo comigo ou algum outro consultor da Um Publicidade?

Caso tenha interesse, abaixo disponibilizo um link de um estudo de Eye Tracking realizado com 200 sites:
http://blog.eyequant.com/2014/01/15/the-3-most-surprising-insights-from-a-200-website-eye-tracking-study/

Escreva um comentário

Comentário