em Mobile, Negócios

Fabricante Xiaomi iniciará as vendas no Brasil em breve

A Xiaomi, empresa Chinesa que já é o terceiro maior player no mercado de SmartPhones, está estruturando sua operação no Brasil. Registrada em maio no país com a razão social Xiaomi do Brasil Tecnologia Ltda, a empresa está com escritório na Vila Olímpia, zona sul da cidade de São Paulo. A fabricante teve seu primeiro smartphone homologado pela Anatel, o Redmi Note 4G. Oficialmente esta é a última barreira no processo de venda de aparelhos no país.

O certificado de conformidade técnica mostra que o Redmi Note 4G é compatível com o 4G usado pelas operadoras brasileiras e deverá ser fornecido com um potente carregador de 2 Amperes para encher a bateria de 3.200 mAh. O documento mostra apenas uma unidade fabril localizada na China, portanto, pelo menos no início, ele não deverá ganhar o benefício fiscal do governo para aparelhos com produção nacional. Porém linhas de produção da Foxconn, que tem fábricas em Manaus, Jundiaí (SP) e Indaiatuba (SP), já estão sendo adaptadas para a produção nacional.

Site em construção aberto para acesso

Site da Xiaomi no Brasil em 08/04/2015

Acessando a URL http://br.mi.com é possível ver um site em construção, com vários textos e produtos de exemplo, links que não funcionam, entre outros. Inclusive os dados da empresa não estão completos, como se pode ver na imagem abaixo:

http://br.mi.com em 08/04/2015

A tomar pela atitude de deixar um site em desenvolvimento aberto para acesso (prática amadora, consequente normalmente de baixo custo de contratação de fornecedores) existe o risco da fama negativa de produtos chineses afetarem em parte as vendas.

No ano passado, a Xiaomi contratou o brasileiro Hugo Barra, então vice-presidente para Android do Google, como seu vice-presidente global. O executivo lidera a expansão do negócio para outros dez países, entre eles o Brasil.

Conseguirá a empresa garantir uma alta penetração no mercado Brasileiro?

Escreva um comentário

Comentário