Como não fazer um site – Erros na arquitetura da informação

Como ouvinte eventual da CBN, hoje, enquanto aguardava uma substituição de cabos do fornecedor de banda larga, pensei em sintonizar na CBN. Acontece que não sabia a frequência FM da rádio, então saquei o smartphone para acessar o site pra encontrar a informação. Qual foi minha surpresa ao acessar o site e simplesmente não encontrar a informação na página principal. Pensei que pudesse ser algum erro na renderização da versão mobile no celular, então habilitei o roteador de conexão 4G no celular e acessei pelo Desktop e para minha surpresa, não era. A informação simplesmente não existia! Imagine você, um negócio que possui como canal principal um dial FM não ter essa informação de forma objetiva e em destaque em seu site? Fiz questão de capturar a página inteira para que possam visualizar:

Página principal da CBN - Clique para ver a imagem ampliada

Página principal da CBN – Clique para ver a imagem ampliada

A arquitetura da informação é uma das atividades essenciais na construção de um site. Definir o conteúdo e a forma como será passado não é um mero detalhe, é a espinha dorsal de sua presença digital. Informações que facilitem seu cliente a acessar seu produto e/ou serviço e fazer contato com seu negócio não podem ficar escondidas!

Um dos principais motivos de se criar um site é ser notado e ter contatos para possíveis negócios. Certifique-se sempre de informar endereços de e-mail e telefone válidos e que estas informações estejam sempre visíveis quando possível.

Será que seu cliente consegue encontrar a informação que procura facilmente em seu site?

O visitante de seu site tem facilidade em compreender que produtos e/ou serviços você oferece?

Caso alguma das respostas acima seja não, está na hora de rever a arquitetura da informação em seu site. Informação de difícil acesso é tão útil quanto a varanda que ilustra essa postagem.

Entre em contato comigo pelo e-mail [email protected] que posso fazer uma análise inicial sem custo.

Porque a parceria Agência de Publicidade x Consultoria de Informática é essencial?

Sua empresa está querendo construir ou melhorar o site de seu negócio e você imediatamente repassa a demanda para a agência de publicidade que atende sua conta. Passado algum tempo você tem sua demanda atendida e acredita ter recebido a melhor solução, certo? Errado.

Muitas agências de publicidade, com o intuito de aumentar seus lucros ou por falta de experiência, não procuram acessoria de uma empresa / consultor de informática e simplesmente desenvolvem sites in house. Neste ponto cometem um grande erro! Assim como você quando precisa resolver um problema elétrico chama um eletricista, a manipulação de informações também é um campo de conhecimento que necessita de especialista. O profissional de informática que trabalha com arquitetura da informação é justamente o perfil correto para acessorar o desenvolvimento de uma estratégia de comunicação digital.

Vejamos um exemplo:

Um dia estava navegando por sites de shoppings da Barra da Tijuca com o objetivo de me manter informado sobre novidades e resolvi acessar o site do maior shopping da reigão – o BarraShopping.

Website do BarraShopping em 16/10/2011

Website do BarraShopping em 16/10/2011

Pois bem, acessei o http://www.barrashopping.com.br, encontrei algumas informações e resolvi me cadastrar na newsletter para receber as novidades por e-mail para não ter que ficar acessando o site. Aí me deparei com um erro básico: no formulário para cadastro da newsletter, além do endereço de e-mail existia o campo obrigatório CPF. Hum? Mas eu só quero receber e-mail, para quê precisam de meu CPF?

Primeiro passo para cadastro na newsletter do BarraShopping em 16/10/2011

Primeiro passo para cadastro na newsletter do BarraShopping em 16/10/2011

Neste ponto identifico que grande parte dos usuários desistem de efetuar seu cadastro, gerando o efeito inverso ao objetivo que o gestor do estabelecimento gostaria. Bom, mas vamos considerar os poucos indivíduos que mesmo assim resolvem realizar o cadastro. Parte destes usuários provavelmente, para preservar sua privacidade, utilizarão um CPF qualquer para se cadastrar. Aí surge o segundo aspecto negativo para o gestor do estabelecimento: além de perder o cadastro de alguns usuários, o mesmo ainda vai ter informações com dados errados / corrompidos. Ainda existe um terceiro aspecto – como os usuários do passo anterior utilizaram CPF de outro indivíduo este, quando tentar realizar o cadastro com seu CPF não vai conseguir. Neste ponto mais uma leva de usuários não vai realizar seu cadastro.

Segundo passo do formulário para cadastro na newsletter do BarraShopping em 16/10/2011

Segundo passo do formulário para cadastro na newsletter do BarraShopping em 16/10/2011

Após preencher o fomulário com o CPF incorreto o usuário é remetido para um outro formulário solicitando mais informações. Neste momento querem saber onde o usuário mora, sexo, se é casado, etc. Hum? Mas eu só quero receber informações! Agora os poucos usuários que ainda seguiram preenchendo o CPF desistem! Alguns poucos persistentes preenchem e enfim realizam seu cadastro!

Ótima estratégia para montar uma base de potenciais clientes, não?

Portanto, quando tiver alguma demanda que envolva informações, sejam sites, campanhas em redes sociais e telefonia móvel, procure sempre empresas e profissionais que trabalhem em parceria, pois agências de comunicação e consultores de informática devem participar de seu projeto.