em Ferramentas, Produtividade

Ambiente de trabalho – um fator importante porém negligenciado

Ao longo de minha vida profissional tive contato com inúmeras empresas, dos mais variados portes. Independente do tamanho e até das finanças, diria que grande parte delas negligencia um ponto muito importante: o ambiente de trabalho. Cadeiras não confortáveis, mesas pequenas, computadores obsoletos, iluminação inadequada e falta de isolamento acústico mínimo acabam prejudicando a produtividade de qualquer profissional.

Empresas pensam somente no resultado imediato, economizando na compra de mobiliário e equipamentos porém, na verdade, estão promovendo o inverso. Em médio prazo, esta economia traduz-se em gastos crescentes com profissionais tendo sua produtividade afetada. Mobiliário adequado, cadeiras confortáveis e ergonômicas, ambiente bem iluminado são as chaves do sucesso para o aumento da produtividade.

Um exemplo simples e com um investimento baixo e com resultado em curto prazo é o uso de dois monitores, ou mesmo um monitor com tamanho superior ao atual padrão de mercado. Se você não acredita, faça uma experiência. Inicialmente você pode até estranhar, porém, em poucos dias, verá que sua produtividade irá crescer. Faça o teste!

Falando de estações de trabalho, recomendo atualização de hardware anual. A velocidade das inovações disponíveis no mercado justifica tal prazo.

Para empresas de desenvolvimento de software que estão se estruturando para operar a partir de 2011 ou aquelas que pretendem atualizar seu parque de máquinas, recomendo o seguinte setup:

– Processador de seis núcleos com clock de 3GHz
– 4GB de memória RAM
– Dois monitores de 19”
– Disco rígido de 1TB 7200 RPM
– SSD de 256GB

Ressalto que a empresa deve adequar o hardware à sua área operacional. Uma empresa que desenvolve jogos, por exemplo, deve investir em uma placa de vídeo mais potente.

Outro ponto importante é a constante evolução dos softwares utilizados, mas este será o tema de um outro post.

Escreva um comentário

Comentário