E-commerce – o panorama Brasileiro

O Brasil é um dos países que o e-commerce teve penetração mais rápida. Uma prévia que tive acesso dos números de uma pesquisa de 2015 revela que a penetração do e-commerce atinge 71% dos consumidores brasileiros. Dos entrevistados, 45% dizem ter feito alguma aquisição pela internet, de produto ou de serviço, durante o último mês.

A pesquisa destaca que os usuários nacionais de sites de e-commerce buscam preços competitivos (71%), grande variedade de produtos (42%), processo de checkout simples e baixo custo de transporte e impostos (35%). Para os brasileiros, o baixo preço (59%) e a praticidade e agilidade no processo de pagamento (56%) são os principais atrativos para comprarem pelo e-commerce. Este último fator obteve um índice muito parecido de um estudo divulgado recentemente pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (Fecomercio-SP), em que 54,46% dos paulistanos apontaram a praticidade como o principal diferencial do comércio eletrônico.

As principais razões que influenciam os consumidores a abandonar os carrinhos de compra são: custos de frete, 53%, taxas e impostos adicionais para a entrega, 48%, e tempo de entrega, 45%.

As categorias de produtos mais buscadas são livros, 63%, hardware e software, 59%, e eletrônicos de consumo, 66%. A categoria de vestuário vem crescendo, saltando de 11% para 17% nesta recente pesquisa.

Quando questionados sobre as suas preferências no recebimento de informações sobre novos produtos, promoções e outras ofertas de varejistas/marcas, 72% dos brasileiros optaram para que a comunicação se realizasse via e-mail. Apesar disso, 16% ainda preferem o recebimento de informações em catálogos ou por mala direta, indicando que o correio também é um canal muito atrativo para os varejistas online.

Em parte credito esta ascensão a morosidade, burocracia e custos envolvidos no processo de abertura e manutenção de uma loja física em qualquer cidade do país. O comércio de rua e shopping ainda são importantes, mas o e-commerce consolidou-se como um player essencial para empresas nacionais.

A Um Publicidade, minha empresa, presta consultoria desde o processo de pesquisa até o acompanhamento de uma operação de um e-commerce. Identificamos seu perfil de consumidor digital, mapeamento demandas de produtos, definimos processos e selecionamos as melhores, mais adequadas ferramentas e fornecedores para o porte de seu negócio. Vamos bater um papo? Entre em contato conosco pelo e-mail [email protected].

Pesquisa de 2015 sobre uso de SmartPhones por Americanos

O Pew Research Center liberou uma pesquisa bastante interessante sobre o uso de SmartPhones por americanos. Veja os principais destaques:

  • 64% dos adultos possuem smartphone (aumento de 35% comparado a pesquisa realizada em 2011)
  • Desse total, 10% possuem smartphones mas não possuem banda larga em casa
  • 15% utilizam o aparelho para acessar a Internet, não utilizando outros meios para contectar a rede (Computador, Notebook, etc)
  • 7% utilizam o aparelho para funções essenciais em suas atividades
  • 15% dos usuários na faixa de 18-29 anos acessam a Internet somente pelo SmartPhone
  • 62% já utilizaram o aparelho para buscar informações sobre saúde
  • 57% utilizam para operações bancárias
  • 44% utilizam para buscar imóveis para compra ou moradia
  • 43% utilizam para buscar empregos
  • 30% utilizam para educação
  • 67% utilizam o para compartilhar fotos, vídeos ou comentários sobre eventos ocorridos em seu bairro / cidade, sendo 35% utilizando com frequência tais funções
  • 56% já utilizaram o aparelho para buscar informações sobre eventos e atividades em sua região, e 18% fazem uso frequente do equipamento para tal atividade
  • 68% utilizam para obter informações sobre acontecimentos e eventos noticiados (acidentes, tempestades, etc), e 33% fazem este uso frequente
  • 67% já utilizaram como GPS para navegação e 31% fazem uso frequente desta função
  • 25% já utilizaram para buscar informações sobre transporte público, com 10% fazendo uso frequentedesta função
  • 54% dizem que o aparelho não é sempre necessário, mas 46% dizem que não conseguem viver sem

Adoraria ter acesso a alguma pesquisa nacional recente contendo as mesmas abordagens.

PDF contendo a pesquisa na íntegra: http://www.pewinternet.org/files/2015/03/PI_Smartphones_0401151.pdf

Facebook é o aplicativo mais utilizado no Brasil

Uma pesquisa recente sobre o comportamento de uso de usuários de smartphone confirmou algo que muitos suspeitavam: o aplicativo mais utilizado é realmente o Facebook. A pesquisa não levou em conta o tempo gasto no app, quesito no qual o Whatsapp é o vencedor absoluto, e sim a quantidade de pessoas que faziam uso da aplicação.

Mas como seu negócio pode aproveitar melhor o potencial desta rede social?

Ter uma página e realizar postagens periódicas é o mínimo que seu negócio precisa fazer para marcar sua presença social. Agora só isto não basta: promover integração e interatividade é a chave do sucesso. E neste ponto a Um Publicidade sabe muito bem como ajudar seu negócio. Integrar comentários da rede social em seu site, promover postagens e interação entre consumidores e sua marca ou produto é algo que traz muito resultado. Games e quiz são apenas dois exemplos quem tem sucesso certo na rede social.