Todos vendem comida!

O que faz um restaurante, food truck ou coletivo gastronômico ter mais sucesso do que outros?

Muitas vezes, desde fast foods até refinados restaurantes, os ingredientes são iguais ou bem similares. Alguns fornecedores são até os mesmos! Então, onde está a diferença?

Vender comida é muito mais do que vender comida.

Quando um cliente busca uma refeição, ele está buscando mais que o simples produto, ele busca uma nova experiência, do atendimento a embalagem, do sorriso no rosto do atendente ao programa de fidelidade.

Tudo isto faz parte do pacote. O pacote experiência do consumo. Seja em uma praça de alimentação, em um restaurante ou em um evento gastronômico, é este pacote – chamado atendimento – que faz a diferença e que fará o consumidor se fidelizar a sua marca.

Por isto, quando você estiver pensando em vender comida, pense além da carne do hamburguer ou do feijão no prato, lembre-se que a experiência engloba um bom produto – sem dúvida, uma embalagem bacana, um sorriso no rosto e todo um planejamento.

A Um Publicidade pode ajudar no planejamento de seu negócio. Entre em contato comigo e vamos agendar uma conversa.

Renan Viegas
contato@renanviegas.com.br
Celular: (21) 98374-8413

Preparado para as mudanças na busca do Google?

Constantemente o Google promove mudanças em seu sistema de busca. Estas mudanças vão desde os critérios para posicionamento de um site no buscador até detalhes de como o resultado da busca é apresentado.

No ano passado passaram a dar prioridade a sites que possuam versão mobile. Pouco tempo depois passaram a considerar o tempo de carregamento como fator de peso, sendo 2 segundos o tempo chave para sites de e-commerce.

Falando da apresentação dos resultados, recentemente entrou em produção um novo recurs de exibição chamado Galeria. Os sites que possuem receitas, avaliações, eventos e produtos podem disponibilizar dados que são utilizados por este recurso para a exibição conforme a imagem acima deste texto.

Manter sempre seu site atualizado com todos os recursos disponíveis no Google significa estar sempre na frente de seus concorrentes. Quem está na vanguarda aproveita as novidades e ganha destaque nos resultados, consequentemente aumentando sua visitação.

Então, pronto para manter seu site constantemente atualizado com as mudanças? Não? Entre em contato com a Um Publicidade ou diretamente comigo:

Renan Viegas
Skype: renanviegas
E-mail: renan.viegas@umpublicidade.com.br

A importância do reconhecimento do erro

Além de atuar no ramo da tecnologia, também estou envolvido com a gastronomia. O projeto DoBacon, que iniciou em Julho de 2015, tem a proposta de levar ao público preparos que tem como ingrediente principal o Bacon. Após alguns eventos de pequeno porte e fechados, decidi realizar uma edição diferente, onde convidei chefs e coletivos gastronômicos para executarem preparos dos mais inusitados com a deliciosa panceta de porco, mais conhecida como Bacon. O evento foi batizado como Bacon Experience.

Por conta da recente recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS) do não consumo de bacon, o tema entrou em evidência e a imprensa se interessou pelo evento. Recebemos telefonemas e e-mails de jornalistas e bloggers que acabaram por ampliar a divulgação, que inicialmente estava sendo realizada em grande parte nas redes sociais.

Os dias antecessores ao evento foram chuvosos. Quem atua no mercado de gastronomia e entretenimento no Rio de Janeiro sabe que infelizmente o carioca não gosta de chuva e a grande maioria desiste de ir a eventos em dias chuvosos – já dizia Adriana Calcanhoto em sua música “Cariocas”. Como qualquer evento gratuito, aberto, sem cobrança de ingresso ou lista de presença, a estimativa de público era baseada em uma loteria. Em condições normais (sol ou nublado), a expectativa era de recebermos em torno de 1.200 pessoas. Caso o sábado fosse com chuva, esta estimativa cairia pela metade. Mesmo assim, por se tratar de uma primeira edição, tais números não passavam de especulação.

Eis que chega o grande dia, sábado, 5 de Dezembro, e o sol resolve aparecer para felicidade da produção do evento e dos chefs e coletivos gastronômicos convidados. E, seguindo a expectativa, o sol animou os Bacon Lovers (apelido carinhosamente dado aos amantes de bacon que comparecem em nossos eventos) resolveram comparecer em peso!

Na primeira hora do evento tivemos um boom de visitação que não imaginávamos. Normalmente em eventos com maior duração, como o caso do Bacon Experience que iniciava 12:00 e iria até 21:00s, o público se distribui ao longo do dia, com pequenos picos entre 14:00-16:00hs e 19:00-20:00hs. Constatamos esse comportamento acompanhando diversos eventos gastronômicos ocorridos ao longo de 2015. Porém o comportamento do público no Bacon Experience foi bem diferente. Nossa demanda foi bem concentrada entre 12:00 e 17:00hs. Com isso algumas falhas, comuns a qualquer primeira edição de qualquer evento, acabaram ocasionando um nível de insatisfação, principalmente aos que chegaram nas primeiras duas horas do evento.

Entre 12:00 e 14:10 tivemos contratempos com o caixa central do evento. Com isso tivemos filas bem desagradáveis neste período, onde alguns dos visitantes desistiram de esperar e foram embora. Assim que mapeamos a questão, reconhecemos o erro, providenciamos a solução, e de tempos em tempos eu pessoalmente passava ao longo da fila pedindo desculpas, explicitando o problema e comentando que a solução estava em curso e que em um curto intervalo de tempo tal fila entraria nos padrões normais de qualquer evento agradável. Como praticamente os esforços de divulgação do evento foram realizados pela rede social Facebook, utilizamos a mesma para realizar comunicados (https://www.facebook.com/events/1652424465031009/permalink/1664452600494862/). Passados alguns minutos o comentário se concretizou e as filas nos caixas não passavam de 7 pessoas e demoravam em torno de 6 minutos.

A proposta do evento era fornecer para os amantes do Bacon uma experiência completa, passando por preparos dos mais simples aos mais elaborados, com criações inusitadas como Café com Bacon, tempura de Bacon, Wafel de Bacon, dentre outros. Acontece que a resposta do público é algo muito incerto. O evento contava com 10 chefs e coletivos produzindo comidas, 3 cervejarias artesanais e um café, mas a demanda inicial ficou concentrada nas que produziam burguers e sanduíches, congestionando bastante as 3 barracas que tinham estes preparos. Chegamos a ter 80 pedidos simultâneos em algumas das barracas, provocando uma espera de até 1:20 pela comida. Neste ponto infelizmente não existia como contornar, pois os chefs e coletivos gastronômicos convidados eram todos artesanais e como tal, o fluxo de preparo era algo muito cuidadoso e consequentemente mais demorado que os conhecidos Fast Foods.

Com esta questão tivemos uma grande concentração de pessoas em um dos 3 ambientes do evento, gerando uma falsa sensação que o evento estava lotado, quando estava apenas cheio, mas existiam espaços para sentar e caminhar livremente nos outros 2 ambientes. Com isso decidimos postar fotos do evento para não deixarmos dúvidas (https://www.facebook.com/events/1652424465031009/permalink/1664458010494321/).

Estes dois fatores causaram algumas reclamações diretas do público e também nas redes sociais. Como sou adepto da ética e transparência, desde os primeiros ruídos procurei interagir tanto no local quanto pelas redes sociais com os insatisfeitos, pedindo desculpas, tomando providências e explicando a proposta do evento, além de ressaltar que existiam outros espaços na casa do evento que não estavam cheios, propiciando maior conforto.

Claro que além das críticas fundamentadas, existiam os mais exaltados que, provavelmente pela insatisfação, acabavam espalhando informações imprecisas sobre o término de produtos. Novamente foi hora de interceder e mostrar que naquele momento qual era o real panorama. Para tal fizemos uma publicação listando todos os produtores e o status de seus produtos (https://www.facebook.com/events/1652424465031009/permalink/1664491967157592/).

Passado o horário de pico, o evento transcorreu sem maiores problemas, seguindo com a maioria dos produtos disponíveis para compra até o término do evento, as 21:00hs.

A grande maioria do público relevou nossas falhas com muito alto astral e curtiu as delícias dos produtores, tendo um sábado bem agradável. Pudemos comprovar isto pelas fotos e postagens que encontramos por redes sociais como o Instagram (reunimos algumas e postamos aqui: https://www.facebook.com/events/1652424465031009/permalink/1664826083790847/). Nosso fotógrafo também conseguiu captar a felicidade de nossos Bacon Lovers, como podem ver neste link: http://dobacon.com.br/novidades/bacon-experience-um-marco-na-gastronomia-dedicada-ao-bacon/.

O Bacon Experience foi a primeira edição de várias. Erramos, reconhecemos, tomamos ações corretivas e principalmente: pedimos desculpas.

Reconhecer os erros é a atitude essencial para reconquistar seus clientes. Apagar postagens em redes sociais e não reconhecer publicamente os erros só pioram a situação. Ética e transparência sempre!

Aproveito para deixar publicamente um muito obrigado a todos que encararam junto esta empreitada de realizar o maior evento gastronômico do Brasil dedicado ao Bacon!

E se você gosta de Bacon, não deixe de nos acompanhar: http://www.dobacon.com.br/